My Visitor's Origins ;)

quinta-feira, novembro 13, 2008

What is There to See?!...



O que haverá mais a ver?!...


O que haverá mais a ouvir... a cheirar... a sentir?!...


Não sei.


Sou um homem. Um homem de sensações.


Sinto que aos poucos vou perdendo o rumo... não sei o que quero. Talvez porque nem sei o que me espera, e tenho medo.


Medo da partilha, porque não quero ser egoísta e solitário sempre...


Preciso da luz, mas anseio pela escuridão...


Não me consigo dissociar dos contrastes... grande/pequeno... preto/branco...


Mas sei que preciso das cores...


Senti-las com o vasto poder do simples olhar...




Não precisar do socialmente correcto, do social, do correcto, de nada. Não precisar de ter interesses...

Precisar apenas de estar rodeado de gente, boa gente, que sabem o que é desfrutar do simples e precioso prazer de uma boa companhia... (E como isso é difícil...)



...


"To be honest, I really don't care..."



Contento-me com as escolhas que vim fazendo, já vi os seus resultados, e colhi os seus frutos...


Já vi tanto... Mas senti tão pouco...


(Sei que não tem nada a ver, mas tenho adorado falar contigo nestes dias.... cada vez mais e mais... Acredito em sinais, mas não se isto poderá ser mais um...)



Bolas, o que aqui digo nem sequer sentido faz...




Vou parar.


Vou fumar mais um dos meus "pensativos" cigarros.


Volto já...



...



Bolas, que ando eu a fazer?



Hum?!...

1 comentário:

Sara * disse...

Mais uma vez depositas no que esceves exactamente o que és . É assim que te vejo : carregado de sensações , carregado de experiencia e ao mesmo tempo uma pessoa com milhares e milhares de coisas q ainda estao por viver.

Mais uma vez cativaste'me do inicio ao fim do post , com uma simplicidade q nao sei bem o q significa . Mas q importa isso ?

As vezes revejo'me em coisas , em situações , em momentos q nao sao meus . Hoje , aqui e agora revejo'me nas tuas palavras , nos teus 'contrastes' e ate nos teus paradoxos.

E' bom conseguirmos encarar um espelho e ter a percepção do q somos e do q valemos .
Não devemos ser demasiado exigentes mas duvido q ser'se uma pessoa fácil seja a alternativa .

Por isso, equilibraste de uma forma subtil e talvez por isso a tua vida tenha esse pano de fundo carregado de cores .

Apesar de sentir q o post tem um 'destinatario', gostava de dizer q tambem eu tenho gostado de falar ctg .


"Já vi tanto mas senti tão pouco..."

Beijinho godo, padrinho *